Logo

Política de Segurança da Informação da Nuveto

Introdução

A Nuveto, uma empresa líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, reconhece a importância de proteger as informações e os dados dos nossos clientes. Como Data Protection Officer (DPO) da Nuveto, é com seriedade que apresento esta Política de Segurança da Informação. Ela é projetada para garantir que todas as informações sejam gerenciadas de forma segura, confiável e de acordo com os regulamentos e leis aplicáveis.

Objetivo

O objetivo desta política é estabelecer diretrizes e padrões para proteger as informações de ameaças, tanto internas quanto externas, deliberadas ou acidentais.

Escopo

Esta política se aplica a todos os funcionários, fornecedores, parceiros e terceiros que tenham acesso aos sistemas de informação da Nuveto.

Princípios Fundamentais

  1. Confidencialidade: As informações devem ser acessíveis apenas àqueles que têm autorização.
  2. Integridade: As informações devem ser precisas e completas.
  3. Disponibilidade: As informações devem estar disponíveis quando necessário.

Diretrizes de Segurança

  1. Autenticação e Acesso:
    • Todos os usuários devem ter identificações únicas (ID de usuário) para acessar as informações.
    • As senhas devem ser fortes e renovadas regularmente.
    • O acesso deve ser baseado no princípio do menor privilégio.
  2. Gerenciamento de Dados:
    • Todos os dados devem ser classificados de acordo com sua sensibilidade.
    • Os dados sensíveis devem ser criptografados durante o trânsito e em repouso.
    • Backups regulares devem ser realizados e testados periodicamente.
  3. Rede e Comunicação:
    • As redes devem ser protegidas por firewalls e sistemas de detecção/prevenção de intrusões.
    • Todas as comunicações, especialmente aquelas que contêm informações sensíveis, devem ser criptografadas.
  4. Monitoramento e Resposta a Incidentes:
    • A monitorização contínua deve ser realizada para detectar atividades suspeitas.
    • Deve haver um plano de resposta a incidentes claramente definido e regularmente testado.
  5. Treinamento e Conscientização:
    • Todos os funcionários devem receber treinamento regular sobre práticas seguras de TI.
    • Campanhas de        conscientização          devem             ser       realizadas periodicamente.
  6. Avaliação e Revisão:
    • As políticas e procedimentos devem ser revisados anualmente ou sempre que houver mudanças significativas nos negócios ou na tecnologia.

Responsabilidades

  • Cada funcionário é responsável por seguir esta política e reportar qualquer suspeita de violação.
  • Os gerentes são responsáveis por garantir que suas equipes estejam cientes e em conformidade com esta política.
  • A equipe de TI é responsável por implementar e manter as medidas de segurança.

Violações

Qualquer violação desta política pode resultar em ações disciplinares, incluindo, mas não se limitando a, advertências, suspensões ou até mesmo demissão.

Conclusão

A segurança da informação é uma responsabilidade compartilhada. Através da colaboração e aderência a esta política, a Nuveto continuará sendo um líder confiável na consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente.

         

Política de Uso Aceitável da Nuveto

Introdução

A Nuveto, líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, tem o compromisso de fornecer um ambiente seguro, eficiente e produtivo para todos os seus usuários. Esta Política de Uso Aceitável (PUA) estabelece as diretrizes para o uso adequado dos recursos tecnológicos e sistemas de informação da empresa.

Objetivo

Assegurar que os usuários compreendam as expectativas da Nuveto em relação ao uso responsável e ético dos recursos tecnológicos fornecidos pela empresa.

Escopo

Esta política se aplica a todos os funcionários, fornecedores, parceiros e terceiros que utilizam os sistemas, redes e dispositivos fornecidos pela Nuveto.

Diretrizes de Uso Aceitável

  1. Uso Ético e Legal:
    • Os recursos tecnológicos devem ser usados de maneira ética, legal e em conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis.
  2. Uso Profissional:
    • Os recursos são fornecidos para fins profissionais. Embora o uso pessoal ocasional seja permitido, ele não deve interferir nas atividades de trabalho ou na disponibilidade dos recursos.
  3. Segurança:
    • Não compartilhe suas credenciais de acesso com ninguém.
    • Evite fazer download de software ou aplicativos não autorizados.
    • Mantenha todos os dispositivos com as atualizações de segurança mais recentes.
  4. Proibição de Conteúdo Inadequado:
    • É proibido acessar, armazenar ou transmitir qualquer tipo de conteúdo ofensivo, obsceno, difamatório ou ilegal.
  5. Respeito à Propriedade Intelectual:
    • Não copie ou distribua software, imagens, música, textos ou qualquer outro material protegido por direitos autorais sem a devida autorização.
  6. Uso Responsável dos Recursos:
    • Evite desperdiçar recursos tecnológicos, como largura de banda, espaço de armazenamento ou capacidade de processamento.
  7. Comunicação:
    • Use meios de comunicação, como e-mail ou mensagens instantâneas, de maneira profissional e respeitosa.
  8. Privacidade:
    • Respeite a privacidade dos outros. Não tente acessar ou monitorar as informações de outros usuários sem autorização.

Responsabilidades

  • Os usuários são responsáveis por suas ações e atividades ao usar os recursos tecnológicos da Nuveto.
  • Os gerentes devem monitorar e garantir que sua equipe esteja em conformidade com esta política.
  • A equipe de TI deve fornecer orientação, suporte e treinamento para ajudar os usuários a entender e seguir esta política.

Violações

O não cumprimento desta política pode resultar em ações disciplinares, incluindo advertências, suspensões, rescisões de contrato ou até mesmo ações legais.

Conclusão

A Política de Uso Aceitável visa criar um ambiente de trabalho seguro e produtivo para todos. A colaboração e o compromisso de cada usuário são essenciais para alcançar este objetivo.

         

Política de Gestão de Risco da Nuveto

Introdução

A Nuveto, líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, entende que a gestão de riscos é uma parte integral da tomada de decisões e planejamento estratégico. A presente política estabelece a abordagem da empresa para a gestão de riscos, visando proteger seus ativos, reputação e interesses das partes interessadas.

Objetivo

Definir uma estrutura para identificar, avaliar, tratar e monitorar riscos de forma sistemática, garantindo que a empresa possa alcançar seus objetivos estratégicos, operacionais e financeiros.

Escopo

Esta política se aplica a todas as operações, atividades, processos e decisões da Nuveto, abrangendo todos os empregados, parceiros, fornecedores e terceiros relacionados.

Princípios da Gestão de Risco

  1. Valor para a Organização: A gestão de riscos deve agregar valor à organização, apoiando a realização de objetivos.
  2. Parte Integrante da Tomada de Decisão: A avaliação e gestão de riscos devem ser incorporadas ao processo de tomada de decisão.
  3. Abordagem Sistemática: A gestão de riscos deve ser conduzida de maneira estruturada e consistente em toda a organização.
  4. Melhoria Contínua: A abordagem e os processos de gestão de riscos devem ser continuamente aprimorados com base em feedback e aprendizado.

Política de Gestão de Risco

  1. Identificação de Riscos:
    • Procedimentos sistemáticos devem ser usados para identificar potenciais riscos associados a todas as atividades da Nuveto.
  2. Avaliação de Riscos:
    • Os riscos identificados devem ser avaliados quanto à sua probabilidade de ocorrência e impacto potencial.
    • Uma matriz de risco deve ser usada para priorizar os riscos e determinar a necessidade de tratamento.
  3. Tratamento de Riscos:
    • Estratégias devem ser desenvolvidas para tratar riscos, seja por mitigação, transferência, aceitação ou evitação.
    • Planos de ação específicos devem ser desenvolvidos para riscos de alta prioridade.
  4. Monitoramento e Revisão:
    • O perfil de risco da organização deve ser monitorado e revisado regularmente.
    • Mudanças no ambiente externo ou interno devem ser consideradas na reavaliação dos riscos.
  5. Comunicação e Relato:
    • A comunicação sobre riscos deve ser transparente e envolver todas as partes interessadas relevantes.
    • Relatórios regulares sobre a gestão de riscos devem ser fornecidos à alta gerência e, quando apropriado, ao conselho.
  6. Cultura e Conscientização:
    • Uma cultura de gestão de riscos deve ser promovida em toda a organização.
    • Treinamento e conscientização devem ser fornecidos para garantir que todos os empregados entendam e participem do processo de gestão de riscos.

Responsabilidades

  • A alta gerência é responsável por endossar e promover esta política, garantindo que recursos adequados sejam alocados para a gestão de riscos. Todos os gerentes e líderes de equipe são responsáveis por implementar a gestão de riscos em suas respectivas áreas.
  • Cada empregado é responsável por identificar e comunicar riscos em suas atividades diárias.

Conclusão

A gestão eficaz de riscos é fundamental para a sustentabilidade e sucesso da Nuveto. Esta política fornece uma estrutura para garantir que os riscos sejam gerenciados proativamente, protegendo a empresa e suas partes interessadas de impactos adversos.

         

Política de Segurança do Empregado da Nuveto

Introdução

A Nuveto, líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, está profundamente comprometida com a segurança e bem-estar de seus empregados. Esta política destaca as práticas e diretrizes que buscam criar um ambiente de trabalho seguro e protegido para todos.

Objetivo

Garantir um ambiente de trabalho seguro, promovendo práticas que previnam acidentes, incidentes e riscos à saúde dos empregados, bem como estabelecer diretrizes claras para a resposta a emergências.

Escopo

Esta política se aplica a todos os empregados, estagiários, prestadores de serviços e visitantes nas instalações da Nuveto.

Política de Segurança do Empregado

  1. Ambiente de Trabalho Seguro:
    • A Nuveto fornecerá um ambiente de trabalho seguro, cumprindo todas as normas e regulamentos aplicáveis.
    • Todas as áreas de trabalho devem ser mantidas limpas, organizadas e livres de obstruções.
  2. Equipamento de Proteção Individual (EPI):
    • Quando necessário, EPIs serão fornecidos e seu uso será obrigatório. Os empregados são responsáveis por manter e usar corretamente estes equipamentos.
  3. Treinamento e Conscientização:
    • Todos os empregados receberão treinamento adequado sobre práticas de trabalho seguro e procedimentos de emergência.
    • A conscientização sobre segurança será promovida regularmente através de treinamentos, campanhas e comunicações.
  4. Prevenção e Resposta a Emergências:
    • Procedimentos claros para evacuação, primeiros socorros e resposta a emergências serão estabelecidos e comunicados a todos os empregados.
    • Equipamentos de combate a incêndios e kits de primeiros socorros serão mantidos em locais estratégicos e de fácil acesso.
  5. Comunicação de Incidentes:
    • Todos os incidentes, acidentes ou situações de risco devem ser imediatamente comunicados à gerência e ao departamento de segurança.
    • Uma análise e investigação será realizada para cada incidente, a fim de identificar causas e implementar medidas corretivas.
  6. Saúde e Bem-estar:
    • A empresa promoverá práticas saudáveis, oferecendo, quando possível, programas de bem-estar, check-ups regulares e campanhas de saúde.
  7. Política de Não Tolerância:
    • A Nuveto tem uma política estrita de não tolerância a qualquer forma de violência, assédio ou comportamento inapropriado no local de trabalho.
    • Qualquer relato de tais comportamentos será tratado com seriedade e pode resultar em ação disciplinar, até e incluindo a rescisão.

Responsabilidades

  • A alta gerência e líderes de equipe são responsáveis por garantir a implementação e manutenção desta política em suas áreas de atuação.
  • Cada empregado é responsável por seguir as diretrizes de segurança, usar equipamentos de proteção quando necessário e comunicar qualquer situação de risco.
  • O departamento de segurança e recursos humanos é responsável por fornecer treinamento, monitorar a conformidade e revisar a eficácia desta política.

Conclusão

A segurança de cada empregado é de suma importância para a Nuveto. Esta política reflete o compromisso da empresa em fornecer um ambiente de trabalho seguro, protegendo o bem-estar e a saúde de todos os envolvidos.

         

Política de Gestão da Comunicação da Nuveto

Introdução

A Nuveto, líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, reconhece a importância da comunicação eficaz para o sucesso organizacional. Esta política visa estabelecer padrões, práticas e diretrizes que promovam a comunicação clara, transparente e estratégica em todos os níveis da empresa.

Objetivo

Estabelecer uma estrutura para garantir que a informação seja transmitida e recebida de forma eficiente, precisa e oportuna, fortalecendo a colaboração, o engajamento e a confiança entre todas as partes interessadas.

Escopo

Esta política se aplica a todas as formas de comunicação interna e externa da Nuveto, envolvendo todos os empregados, fornecedores, parceiros e clientes.

Política de Gestão da Comunicação

  1. Comunicação Clara e Precisa:
    • As informações devem ser apresentadas de forma clara, concisa e sem ambiguidades.
    • Evitar o uso excessivo de jargões e garantir que a mensagem seja compreensível para o público-alvo.
  2. Canais de Comunicação Apropriados:
    • Selecione os canais de comunicação mais adequados para cada tipo de mensagem ou público, seja e-mail, reuniões, boletins informativos ou plataformas digitais.
  3. Feedback e Diálogo Aberto:
    • Promova um ambiente em que o feedback seja encorajado e valorizado.
    • Estabeleça mecanismos para que os empregados possam expressar suas opiniões e preocupações.
  4. Transparência e Integridade:
    • Assegure-se de que todas as comunicações sejam transparentes, honestas e baseadas em fatos.
    • Evite ocultar informações ou comunicar mensagens enganosas.
  5. Responsividade:
    • Responda prontamente às consultas e feedbacks, garantindo que as partes interessadas se sintam ouvidas e valorizadas.
  6. Privacidade e Confidencialidade:
    • Respeite a privacidade dos indivíduos e mantenha a confidencialidade das informações, conforme estabelecido nas políticas de privacidade e segurança da informação da empresa.
  7. Treinamento e Desenvolvimento:
    • Proporcione treinamento regular sobre habilidades de comunicação para empregados, garantindo que eles estejam equipados para se comunicar de forma eficaz.
  8. Monitoramento e Avaliação:
    • Monitorize e avalie regularmente a eficácia das comunicações, ajustando as estratégias conforme necessário.

Responsabilidades

  • O departamento de comunicação é responsável por desenvolver, implementar e monitorar a estratégia de comunicação da empresa.
  • Os líderes de equipe e gerentes são responsáveis por garantir uma comunicação eficaz dentro de suas equipes e entre departamentos.
  • Todos os empregados têm a responsabilidade de seguir esta política e comunicar-se de forma respeitosa e construtiva.

Conclusão

A comunicação eficaz é fundamental para a coesão, colaboração e sucesso da Nuveto. Esta política reflete o compromisso da empresa em promover práticas de comunicação de alta qualidade que beneficiem todos os envolvidos.

         

Política de Segurança de Redes da Nuveto

Introdução

A segurança das redes é uma das pedras angulares da proteção dos ativos digitais de uma organização. A Nuveto, líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, entende que a garantia de uma rede segura é vital para a continuidade dos negócios e a proteção das informações de seus clientes.

Objetivo

Definir e estabelecer diretrizes e padrões para garantir que a infraestrutura de rede da Nuveto permaneça segura, resiliente e capaz de proteger os dados e sistemas contra ameaças e vulnerabilidades.

Escopo

Esta política abrange todos os componentes da infraestrutura de rede da Nuveto, incluindo hardware, software, dispositivos, conexões e todas as atividades relacionadas à rede.

Política de Segurança de Redes

  1. Arquitetura de Rede Segura:
    • A rede deve ser projetada e configurada seguindo as melhores práticas de segurança, incluindo a segmentação de redes e o uso de zonas desmilitarizadas (DMZ).
  2. Controle de Acesso:
    • Acesso à rede deve ser restrito a usuários e dispositivos autorizados. A autenticação forte e mecanismos de controle, como listas de controle de acesso (ACLs), devem ser implementados.
  3. Monitoramento e Análise:
    • A atividade da rede deve ser continuamente monitorada para detectar e responder a comportamentos anômalos ou suspeitos. Ferramentas de detecção e prevenção de intrusões (IDS/IPS) devem ser usadas.
  4. Gerenciamento de Dispositivos:
    • Todos os dispositivos conectados à rede, incluindo roteadores, switches e firewalls, devem ser regularmente atualizados, configurados de acordo com padrões de segurança e monitorados.
  5. Criptografia e Proteção de Dados:
    • As comunicações que passam pela rede, especialmente dados sensíveis, devem ser criptografadas. Protocolos seguros, como SSL/TLS e VPN, devem ser utilizados.
  6. Defesa em Profundidade:
    • Múltiplas camadas de segurança, como firewalls, proxies e soluções antimalware, devem ser implementadas para garantir a resiliência da rede.
  7. Resposta a Incidentes:
    • Em caso de violação ou ataque à rede, um plano de resposta a incidentes deve ser acionado imediatamente, visando mitigar os impactos e restaurar os serviços.
  8. Treinamento e Conscientização:
    • Os empregados devem ser treinados sobre os riscos relacionados à segurança de redes e sobre como seguir as práticas de segurança ao acessar e usar a rede.
  9. Redundância e Continuidade:
    • A arquitetura da rede deve considerar a redundância para garantir a continuidade dos negócios. Soluções como balanceamento de carga e failover devem ser implementadas.

Responsabilidades

  • A equipe de segurança de TI é responsável por desenvolver, implementar e manter a segurança da rede.
  • A gerência é responsável por garantir a alocação de recursos e o apoio necessário para a segurança de redes.
  • Todos os empregados têm a responsabilidade de usar a rede de forma responsável e reportar qualquer suspeita ou incidente de segurança.

Conclusão

A segurança da rede é crucial para a integridade dos dados e a operação ininterrupta dos serviços da Nuveto. Esta política busca garantir que a infraestrutura de rede da empresa esteja protegida contra ameaças e seja capaz de suportar as demandas do negócio de maneira segura.

         

Política de Serviços Terceirizados da Nuveto

Introdução

A terceirização de serviços é uma estratégia comum em muitas organizações para otimizar recursos, obter expertise especializada e melhorar a eficiência. A Nuveto, líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, entende a importância de gerenciar e controlar a relação com prestadores de serviços terceirizados de forma eficaz e segura.

Objetivo

Estabelecer diretrizes claras para a seleção, gestão, monitoramento e avaliação de fornecedores e prestadores de serviços terceirizados, garantindo que eles cumpram os padrões e expectativas da Nuveto.

Escopo

Esta política se aplica a todos os fornecedores, prestadores de serviços e qualquer outra entidade terceirizada que forneça serviços ou produtos à Nuveto.

Política de Serviços Terceirizados

  1. Seleção de Fornecedores:
  • A seleção de fornecedores deve ser baseada em critérios claros e objetivos, como competência técnica, reputação no mercado, estabilidade financeira e conformidade com padrões legais e éticos. 2.Acordos Contratuais:
  • Todos os acordos com prestadores de serviços terceirizados devem ser formalizados por meio de contratos escritos, que detalhem escopo, responsabilidades, prazos e aspectos relacionados à segurança e confidencialidade.
  1. Monitoramento e Avaliação:
    • A performance e conformidade dos prestadores de serviços terceirizados devem ser regularmente monitoradas e avaliadas com base nos critérios estabelecidos nos acordos contratuais.
  2. Gestão de Riscos:
    • Avaliações de risco devem ser realizadas antes da contratação e durante a relação com o terceiro, garantindo que potenciais vulnerabilidades sejam identificadas e tratadas.
  3. Confidencialidade e Segurança da Informação:
    • Fornecedores e prestadores de serviços devem aderir às políticas de segurança da informação da Nuveto, garantindo a proteção de dados e informações confidenciais.
  4. Formação e Conscientização:
    • Quando apropriado, fornecedores e prestadores de serviços terceirizados devem receber treinamento sobre as políticas, procedimentos e expectativas da Nuveto.
  5. Resolução de Conflitos:
    • Mecanismos claros para a resolução de conflitos e disputas devem ser estabelecidos nos acordos contratuais.
  6. Revisão e Encerramento de Contratos:
    • Ao final de cada contrato, uma revisão formal deve ser realizada para avaliar o desempenho do prestador de serviços e determinar a continuidade ou encerramento da relação.

Responsabilidades

  • O departamento de compras e contratações é responsável pela seleção, negociação e gestão de contratos com fornecedores e prestadores de serviços.
  • Os gestores de projetos ou líderes de equipe são responsáveis pelo monitoramento direto e gestão da relação com prestadores de serviços em suas áreas de atuação.
  • A equipe jurídica é responsável por revisar e aprovar todos os acordos contratuais.
  • Todos os empregados têm a responsabilidade de comunicar qualquer irregularidade ou preocupação relacionada a fornecedores ou prestadores de serviços.

Conclusão

A gestão eficaz da relação com prestadores de serviços terceirizados é fundamental para o sucesso e integridade dos negócios da Nuveto. Esta política busca estabelecer padrões claros e rigorosos para garantir que todos os serviços terceirizados estejam alinhados com os valores, expectativas e padrões da empresa.

         

Política de Desenvolvimento de Aplicações e Infraestrutura da Nuveto

Introdução

A Nuveto, líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, busca continuamente inovação e excelência no desenvolvimento de suas aplicações e na gestão de sua infraestrutura. Esta política visa estabelecer diretrizes claras e consistentes para o desenvolvimento, implementação e manutenção de soluções tecnológicas.

Objetivo

Assegurar que o desenvolvimento de aplicações e a gestão da infraestrutura sejam realizados de forma segura, eficiente e alinhados com os padrões de qualidade e as necessidades estratégicas da Nuveto.

Escopo

Esta política abrange todas as atividades relacionadas ao desenvolvimento de software, configuração, teste, implementação e manutenção de aplicações e infraestrutura.

Política de Desenvolvimento de    Aplicações e Infraestrutura

  1. Padrões de Desenvolvimento:
    • Todas as aplicações devem ser desenvolvidas seguindo padrões de codificação reconhecidos e melhores práticas do setor para garantir eficiência, segurança e escalabilidade.
  2. Testes e Validação:
    • As aplicações devem ser submetidas a rigorosos testes de qualidade, incluindo testes unitários, de integração, de carga e de segurança, antes de serem implementadas em ambientes de produção.
  3. Gestão de Configuração:
    • Ferramentas e processos de gestão de configuração devem ser utilizados para rastrear e controlar mudanças nas aplicações e infraestrutura.
  4. Segurança e Privacidade:
    • O desenvolvimento deve incorporar princípios de segurança desde o início (Security by Design), garantindo que as aplicações sejam resistentes a ameaças e protejam os dados dos usuários.
  5. Documentação:

Toda aplicação e mudança de infraestrutura deve ser adequadamente documentada, incluindo requisitos, design, configuração e procedimentos de operação.

  1. Formação e Capacitação:
    • Os desenvolvedores e engenheiros devem receber formação contínua para se manterem atualizados com as últimas tecnologias, ferramentas e práticas do setor.
  2. Monitoramento e Resposta:
    • A infraestrutura e as aplicações devem ser continuamente monitoradas para detectar e responder rapidamente a falhas, desempenho degradado ou potenciais ameaças.
  3. Backup e Recuperação:
    • Procedimentos e soluções robustas de backup e recuperação devem ser implementados para garantir a continuidade dos negócios em caso de falhas ou desastres.
  4. Atualizações e Manutenção:
    • As aplicações e a infraestrutura devem ser regularmente revisadas e atualizadas para corrigir falhas, melhorar o desempenho e responder às mudanças nas necessidades do negócio.

Responsabilidades

  • A equipe de desenvolvimento é responsável por seguir as diretrizes estabelecidas nesta política e garantir a qualidade e segurança das aplicações.
  • A equipe de infraestrutura é responsável pela gestão, monitoramento e manutenção da infraestrutura tecnológica.
  • A equipe de segurança de TI deve revisar e aprovar todas as aplicações e mudanças na infraestrutura do ponto de vista da segurança.
  • A alta gerência é responsável por fornecer recursos, apoio e direção estratégica para o desenvolvimento de aplicações e gestão da infraestrutura.

Conclusão

O desenvolvimento eficiente e seguro de aplicações e a gestão adequada da infraestrutura são essenciais para a entrega de soluções de alta qualidade e para a satisfação dos clientes da Nuveto. Esta política busca garantir que todas as atividades tecnológicas sejam realizadas de forma consistente, eficaz e alinhadas com os padrões de excelência da empresa.

       

Política de Ciclo de Vida no Desenvolvimento de Software da Nuveto

Introdução

O desenvolvimento de software é uma atividade complexa que exige uma abordagem estruturada para garantir a entrega de produtos de alta qualidade. A Nuveto, líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, adota um ciclo de vida de desenvolvimento de software (SDLC) para orientar e padronizar todo o processo de criação e manutenção de suas soluções.

Objetivo

Definir e estabelecer diretrizes e práticas para o ciclo de vida no desenvolvimento de software, garantindo que todas as fases, desde a concepção até a desativação, sejam gerenciadas de forma eficaz, segura e alinhada aos objetivos estratégicos da Nuveto.

Escopo

Esta política abrange todas as atividades relacionadas ao desenvolvimento, teste, implantação, manutenção e eventual desativação de software na Nuveto.

Política de Ciclo de Vida no Desenvolvimento de Software

  1. Fase de Concepção:
    • Definição clara dos objetivos, escopo e requisitos do projeto.
    • Análise de viabilidade técnica, econômica e operacional.
  2. Fase de Design:
    • Desenho da arquitetura do software, interfaces e componentes.
    • Consideração de aspectos de usabilidade, desempenho e segurança.
  3. Fase de Desenvolvimento:
    • Codificação seguindo padrões e melhores práticas.
    • Uso de ferramentas e metodologias adequadas para garantir qualidade e eficiência.
  4. Fase de Teste:
    • Execução de testes unitários, de integração, de sistema e de aceitação.
    • Identificação e correção de falhas e vulnerabilidades.
  5. Fase de Implantação:
    • Planejamento e execução da implantação em ambientes de produção.
    • Monitoramento e suporte pós-implantação.
  1. Fase de Manutenção:
    • Monitoramento contínuo do software em operação.
    • Correções, atualizações e melhorias conforme necessidade.
  2. Fase de Desativação:
    • Planejamento e execução da desativação ou substituição do software.
    • Garantia de preservação e migração de dados, se aplicável.
  3. Gestão de Riscos:
    • Avaliação contínua dos riscos em todas as fases do SDLC.
    • Implementação de medidas de mitigação conforme necessário.
  4. Documentação:
    • Criação e manutenção de documentação completa e atualizada em todas as fases.
    • Disponibilização da documentação para equipes relevantes e partes interessadas.

Responsabilidades

  • A equipe de desenvolvimento é responsável por seguir as diretrizes desta política e garantir a aderência ao SDLC definido.
  • A equipe de teste é responsável por garantir a qualidade e segurança do software antes da implantação.
  • A equipe de operações é responsável pela implantação, monitoramento e manutenção do software em ambientes de produção.
  • A alta gerência é responsável por fornecer recursos, apoio e direção estratégica para o ciclo de vida no desenvolvimento de software.

Conclusão

O ciclo de vida no desenvolvimento de software é essencial para garantir a entrega de soluções robustas, seguras e de alta qualidade. Esta política busca estabelecer uma estrutura clara e consistente para orientar todas as atividades de desenvolvimento de software na Nuveto, garantindo o alinhamento com os padrões de excelência da empresa.

         

Política de Regulamentação Legal e Conformidade da Nuveto

Introdução

A Nuveto, líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, reconhece a importância de operar em total conformidade com as leis, regulamentos e normas aplicáveis. Neste contexto, a empresa se compromete a manter práticas de negócios éticas e transparentes, garantindo a conformidade legal em todos os seus processos e operações.

Objetivo

Estabelecer diretrizes claras para garantir que a Nuveto opere em conformidade com todas as obrigações legais e regulamentares pertinentes, minimizando riscos e protegendo a reputação da empresa.

Escopo

Esta política se aplica a todas as operações, atividades, empregados, parceiros e prestadores de serviços da Nuveto.

Política de Regulamentação Legal e Conformidade

  1. Conhecimento e Atualização:
    • Manter-se informado sobre todas as leis, regulamentos e normas aplicáveis ao setor e às operações da Nuveto.
    • Monitorar e se adaptar prontamente a quaisquer mudanças nas regulamentações.
  2. Treinamento e Sensibilização:
    • Proporcionar formação regular aos empregados sobre requisitos legais e de conformidade relevantes para suas funções.
    • Promover uma cultura de conformidade em toda a organização.
  3. Monitoramento e Auditoria:
    • Conduzir auditorias internas regulares para verificar a conformidade com leis e regulamentos aplicáveis.
    • Corrigir prontamente qualquer descumprimento identificado.
  4. Relações com Reguladores:
    • Estabelecer uma relação transparente e cooperativa com órgãos reguladores e autoridades governamentais.
    • Atender prontamente a todas as solicitações e inspeções de órgãos reguladores.
  5. Documentação e Registros:
    • Manter documentação adequada de todas as atividades e operações para demonstrar conformidade.
    • Assegurar que os registros sejam armazenados de forma segura e acessível para revisão, quando necessário.
  1. Responsabilidade e Responsabilização:
    • Promover uma cultura onde a conformidade é responsabilidade de todos.
    • Tomar medidas disciplinares apropriadas em caso de violações de conformidade.
  2. Comunicação e Relatórios:
    • Informar prontamente a alta gerência e as partes interessadas sobre questões de conformidade significativas.
    • Assegurar que quaisquer incidentes de não conformidade sejam relatados e tratados adequadamente.

Responsabilidades

  • A equipe jurídica e de conformidade é responsável por monitorar as mudanças na legislação, interpretar requisitos legais e fornecer orientação à empresa.
  • Os líderes de departamento são responsáveis por garantir que suas equipes estejam cientes e em conformidade com todas as regulamentações aplicáveis.
  • Todos os empregados têm a responsabilidade de seguir esta política e reportar quaisquer preocupações ou potenciais violações.

Conclusão

A conformidade legal e regulamentar é fundamental para a integridade e sucesso da Nuveto. Esta política busca garantir que a empresa opere de forma ética, transparente e em total conformidade com todas as suas obrigações legais e regulamentares.

         

Política de Gestão da Informação da Nuveto

Introdução

Na era digital, a informação é um dos ativos mais valiosos para qualquer organização. A Nuveto, líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, compreende a importância crítica de gerenciar, proteger e utilizar eficazmente suas informações para manter a confiança dos clientes, atender às regulamentações e alcançar seus objetivos estratégicos.

Objetivo

Definir diretrizes e práticas para a gestão adequada da informação, garantindo sua disponibilidade, integridade, confidencialidade e conformidade ao longo de todo o seu ciclo de vida.

Escopo

Esta política abrange todas as informações da Nuveto, independentemente do formato ou meio, incluindo dados digitais, documentos impressos e comunicações verbais.

Política de Gestão da Informação

  1. Classificação da Informação:
    • Todas as informações devem ser classificadas de acordo com seu nível de sensibilidade e importância para a organização.
    • As categorias podem incluir: Público, Interno, Confidencial e Restrito.
  2. Armazenamento e Backup:
    • A informação deve ser armazenada em locais seguros e apropriados, com backups regulares realizados para prevenir perda de dados.
    • As soluções de backup devem ser testadas periodicamente para garantir a recuperação eficaz dos dados.
  3. Acesso e Controle:
    • O acesso à informação deve ser restrito com base no princípio do menor privilégio. Apenas indivíduos autorizados devem ter acesso à informação com base em sua função e necessidade.
    • Registros de auditoria devem ser mantidos para todas as atividades de acesso e modificação.
  4. Retenção e Descarte:
    • A informação deve ser retida pelo período exigido por regulamentos e necessidades de negócios.

Após esse período, a informação deve ser descartada de forma segura e irreversível.

  1. Segurança e Proteção:
    • Medidas de segurança apropriadas, incluindo criptografia, firewalls e sistemas antimalware, devem ser implementadas para proteger a informação contra ameaças e acessos não autorizados.
    • Políticas e procedimentos de resposta a incidentes devem estar em vigor para lidar com potenciais violações de segurança da informação.
  2. Conformidade e Auditoria:
    • A gestão da informação deve estar em conformidade com todas as leis, regulamentações e normas aplicáveis.
    • Auditorias regulares devem ser realizadas para garantir a conformidade e identificar áreas de melhoria.
  3. Formação e Conscientização:
    • Os empregados devem receber formação regular sobre a importância da gestão da informação e suas responsabilidades nesta área.
  4. Comunicação e Colaboração:
    • Ferramentas e plataformas apropriadas devem ser utilizadas para facilitar a comunicação e colaboração eficaz, garantindo a integridade e confidencialidade da informação compartilhada.

Responsabilidades

  • A equipe de gestão da informação é responsável por desenvolver, implementar e monitorar a política e práticas relacionadas.
  • A equipe de segurança de TI é responsável por garantir a proteção e segurança da informação.
  • Todos os empregados têm a responsabilidade de seguir esta política e proteger a informação da Nuveto.

Conclusão

A gestão eficaz da informação é essencial para a operação, reputação e sucesso da Nuveto. Esta política busca garantir que a informação seja tratada como um ativo valioso, protegida de ameaças e utilizada de forma eficaz para beneficiar a organização e seus stakeholders.

         

Política de Gestão de Mudanças da Nuveto

Introdução

A capacidade de adaptar-se e evoluir é essencial para o sucesso contínuo de qualquer organização moderna. A Nuveto, especialista em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, entende a importância de gerir mudanças de forma estruturada e controlada, minimizando interrupções e maximizando benefícios.

Objetivo

Estabelecer diretrizes e procedimentos claros para a gestão de mudanças, garantindo que todas as alterações nas operações, sistemas, processos ou estruturas da Nuveto sejam implementadas de forma eficaz, controlada e alinhada com os objetivos estratégicos da empresa.

Escopo

Esta política abrange todas as mudanças que possam impactar as operações, sistemas, processos, estruturas organizacionais ou outros aspectos do negócio da Nuveto.

Política de Gestão de Mudanças

  1. Avaliação e Justificação:
    • Todas as mudanças propostas devem ser adequadamente avaliadas em termos de necessidade, impacto, riscos e benefícios.
    • Uma justificação clara para a mudança deve ser documentada.
  2. Planejamento e Design:
    • Um plano detalhado para a implementação da mudança deve ser desenvolvido, incluindo cronogramas, recursos, responsabilidades e medidas de contingência.
  3. Comunicação:
    • As partes interessadas afetadas pela mudança devem ser informadas com antecedência, e suas opiniões e preocupações devem ser consideradas no processo de planejamento.
  4. Aprovação:
    • Todas as mudanças significativas devem ser submetidas a um processo de aprovação formal, envolvendo os responsáveis relevantes e, quando necessário, a alta gerência.
  5. Implementação e Monitoramento:
    • A mudança deve ser implementada conforme planejado e monitorada para garantir que seja realizada com sucesso e que os objetivos desejados sejam alcançados.
  1. Revisão Pós-implementação:
    • Após a implementação, uma revisão deve ser realizada para avaliar a eficácia da mudança e identificar lições aprendidas.
  2. Documentação:
    • Todas as mudanças e seus detalhes associados devem ser documentados e arquivados para referência futura.
  3. Formação e Capacitação:
    • Quando apropriado, treinamento ou capacitação deve ser fornecido para garantir que os empregados estejam preparados e equipados para lidar com a mudança.

Responsabilidades

  • O gestor ou líder do projeto é responsável por iniciar, planejar e implementar a mudança.
  • A equipe de gestão de mudanças é responsável por supervisionar o processo, fornecer orientação e garantir a aderência à política.
  • Todos os empregados são responsáveis por cooperar e adaptar-se às mudanças conforme necessário.

Conclusão

A gestão eficaz de mudanças é crucial para garantir que a Nuveto permaneça ágil, resiliente e capaz de atender às demandas em constante evolução do mercado. Esta política busca garantir uma abordagem estruturada, transparente e bem gerenciada para todas as mudanças, maximizando benefícios e minimizando riscos.

         

Política de Privacidade e Proteção aos Dados da Nuveto

Introdução

A Nuveto, especialista em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, está comprometida em proteger a privacidade e segurança dos dados pessoais de seus clientes, parceiros, empregados e usuários. Esta política destaca nosso compromisso em tratar os dados pessoais com o máximo respeito, transparência e em conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis.

Objetivo

Definir diretrizes claras sobre como coletamos, usamos, armazenamos e protegemos os dados pessoais, garantindo os direitos dos titulares dos dados e mantendo a confiança de todos os nossos stakeholders.

Escopo

Esta política abrange todos os dados pessoais processados pela Nuveto, independentemente do meio ou formato.

Política de Privacidade e Proteção aos Dados

  1. Coleta de Dados:
    • Os dados pessoais serão coletados de forma justa, legal e transparente, e apenas com o consentimento explícito do titular, salvo disposição legal em contrário.
  2. Uso dos Dados:
    • Os dados pessoais serão usados apenas para os fins para os quais foram coletados e de acordo com o consentimento fornecido pelo titular dos dados.
  3. Limitação de Finalidade:
    • Os dados pessoais não serão processados de maneira incompatível com os fins para os quais foram coletados.
  4. Minimização de Dados:
    • Apenas os dados pessoais necessários para os fins específicos serão coletados e processados.
  5. Segurança e Proteção:
    • Medidas técnicas e organizacionais apropriadas serão implementadas para proteger os dados pessoais contra perda, acesso não autorizado, alteração e destruição.
  6. Armazenamento e Retenção:

Os dados pessoais serão armazenados de forma segura e apenas pelo tempo necessário para os fins para os quais foram coletados ou conforme exigido por lei.

  1. Direitos dos Titulares dos Dados:
    • Os titulares dos dados têm o direito de acessar, corrigir, excluir, portar seus dados e retirar seu consentimento a qualquer momento.
  2. Transferências Internacionais:
    • Os dados pessoais só serão transferidos para países ou territórios que ofereçam um nível adequado de proteção, em conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis.
  3. Responsabilidade e Governança:
    • A Nuveto é responsável por garantir a conformidade com esta política e com as leis e regulamentos aplicáveis, e implementará estruturas de governança adequadas para supervisionar as atividades de processamento de dados.
  4. Revisões e Atualizações:
    • Esta política será revisada e atualizada periodicamente para refletir as mudanças nas leis, práticas e necessidades de negócios.

Responsabilidades

  • A equipe de proteção de dados da Nuveto é responsável por monitorar a conformidade com esta política e as leis aplicáveis.
  • Todos os empregados e parceiros da Nuveto são responsáveis por garantir que os dados pessoais sejam tratados em conformidade com esta política.

Conclusão

A privacidade e proteção dos dados pessoais são fundamentais para a confiança e integridade da Nuveto. Estamos comprometidos em respeitar os direitos dos titulares dos dados e em manter os mais altos padrões de conformidade e segurança.

         

Política de Senhas da Nuveto

Introdução

A segurança da informação é uma prioridade para a Nuveto, e a proteção adequada das credenciais de acesso, incluindo senhas, desempenha um papel fundamental nesse contexto. Esta política estabelece as diretrizes para a criação, gestão e uso de senhas na Nuveto, garantindo a proteção contra acessos não autorizados.

Objetivo

Definir os padrões e requisitos para a criação, uso, armazenamento e atualização de senhas, visando garantir a segurança das informações e sistemas da Nuveto.

Escopo

Esta política se aplica a todos os empregados, prestadores de serviços, parceiros e qualquer pessoa que tenha acesso aos sistemas e informações da Nuveto.

Política de Senhas

  1. Complexidade:
    • As senhas devem ter pelo menos 12 caracteres e incluir uma combinação de letras maiúsculas, letras minúsculas, números e símbolos especiais.
  2. Validade:
    • As senhas devem ser alteradas a cada 90 dias. Senhas temporárias ou de redefinição devem ser alteradas no primeiro acesso.
  3. Histórico de Senhas:
    • As últimas cinco senhas utilizadas não poderão ser reutilizadas.
  4. Armazenamento e Transmissão:
    • As senhas nunca devem ser armazenadas em texto simples ou enviadas por meios inseguros, como e-mails ou mensagens de texto.
  5. Autenticação Multifator:
    • Sempre que possível, a autenticação multifator (MFA) deve ser implementada para adicionar uma camada adicional de segurança.
  6. Uso Compartilhado:
    • Senhas são pessoais e intransferíveis. Elas nunca devem ser compartilhadas ou usadas por mais de uma pessoa.
  7. Registro de Acesso:
    • Todas as tentativas de acesso, bem como alterações de senha, serão registradas e monitoradas para detecção de atividades suspeitas.
  8. Recuperação de Senha:

Os processos de recuperação ou redefinição de senha devem ser seguros e incluir medidas de verificação de identidade.

  1. Bloqueio de Conta:
    • Após três tentativas de login malsucedidas, a conta será bloqueada automaticamente, requerendo intervenção do administrador ou processo de recuperação para desbloqueio.
  2. Educação e Conscientização:
    • Os empregados e parceiros serão regularmente treinados e informados sobre a importância da segurança de senhas e melhores práticas.

Responsabilidades

  • A equipe de segurança de TI da Nuveto é responsável por garantir a implementação e monitoramento desta política.
  • Todos os usuários são responsáveis por seguir as diretrizes estabelecidas nesta política e proteger suas credenciais de acesso.

Conclusão

As senhas são uma das primeiras linhas de defesa contra acessos não autorizados. A gestão adequada de senhas é fundamental para garantir a segurança e integridade dos sistemas e informações da Nuveto.

       

Política de Resposta a Incidentes de Segurança da Nuveto

Introdução

A Nuveto, como líder em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, entende que, apesar de todos os esforços de prevenção, incidentes de segurança podem ocorrer. Esta política define os procedimentos e responsabilidades para responder a tais incidentes de forma eficaz e minimizar os danos potenciais.

Objetivo

Estabelecer diretrizes claras para identificar, gerenciar, responder e aprender com incidentes de segurança, garantindo a recuperação rápida, eficaz e minimizando impactos negativos.

Escopo

Esta política se aplica a todos os incidentes de segurança que possam afetar os sistemas, dados, operações ou reputação da Nuveto.

Política de Resposta a Incidentes de Segurança

  1. Detecção e Relato:
    • Todos os sistemas devem ter mecanismos de detecção de incidentes.
    • Qualquer suspeita ou identificação de incidente de segurança deve ser imediatamente relatada à equipe responsável.
  2. Avaliação e Priorização:
    • Os incidentes relatados serão avaliados quanto à sua gravidade, impacto e urgência. Eles serão priorizados com base nesses critérios. 3.Contenção:
    • Medidas imediatas serão tomadas para conter o incidente e minimizar o dano. Isso pode incluir isolar sistemas afetados ou revogar acessos.
  3. Investigação e Análise:
    • Uma investigação detalhada será realizada para entender a causa, natureza e extensão do incidente.
  4. Erradicação e Recuperação:
    • A causa raiz do incidente será identificada e erradicada. Os sistemas afetados serão restaurados e verificados quanto à sua integridade.
  5. Comunicação:

As partes interessadas internas serão informadas sobre o incidente. Se necessário e conforme as leis aplicáveis, os clientes, reguladores e o público em geral serão notificados.

  1. Documentação e Registro:
    • Todos os detalhes do incidente, incluindo a resposta, resultados da investigação e decisões tomadas, serão documentados e arquivados.
  2. Revisão Pós-Incidente:
    • Após a resolução do incidente, uma revisão será realizada para identificar lições aprendidas, melhorar os procedimentos e evitar incidentes semelhantes no futuro.
  3. Educação e Treinamento:
    • Os empregados serão regularmente treinados sobre como identificar e responder a incidentes de segurança.

Responsabilidades

  • A equipe de resposta a incidentes da Nuveto é responsável pela gestão e resposta a incidentes de segurança.
  • Todos os empregados e parceiros da Nuveto têm a responsabilidade de relatar imediatamente qualquer suspeita de incidente de segurança.

Conclusão

A capacidade de responder rapidamente e eficazmente a incidentes de segurança é fundamental para a resiliência e reputação da Nuveto. Esta política busca garantir uma abordagem estruturada e eficaz para gerenciar e aprender com incidentes de segurança.

       

Política de Gestão de Vulnerabilidades da Nuveto

Introdução

A Nuveto, reconhecida por sua expertise em consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, entende que a gestão de vulnerabilidades é uma componente crítica para a manutenção da segurança da informação. Esta política define as diretrizes para a identificação, avaliação e remediação de vulnerabilidades que possam afetar os recursos da empresa.

Objetivo

Estabelecer um processo estruturado e consistente para a identificação, avaliação, priorização e remediação de vulnerabilidades, garantindo a proteção contínua dos sistemas, dados e operações da Nuveto.

Escopo

Esta política se aplica a todos os sistemas, aplicativos, redes e dispositivos sob a responsabilidade ou propriedade da Nuveto.

Política de Gestão de Vulnerabilidades

  1. Identificação:
    • A Nuveto utilizará ferramentas e técnicas apropriadas, incluindo scanners de vulnerabilidade e testes de penetração, para identificar vulnerabilidades em seus sistemas e redes.
  2. Avaliação e Classificação:
    • As vulnerabilidades identificadas serão avaliadas com base em sua gravidade, impacto potencial e exploração conhecida no ambiente.

Elas serão classificadas como Crítica, Alta, Média ou Baixa.

  1. Priorização:
    • A remediação de vulnerabilidades será priorizada com base em sua classificação, com foco inicial nas vulnerabilidades críticas e de alta gravidade.
  2. Remediação:
    • Medidas apropriadas serão tomadas para remediar as vulnerabilidades identificadas, seja por meio de patches, configurações ou soluções alternativas.
  3. Verificação:
    • Após a remediação, os sistemas serão reavaliados para garantir que as vulnerabilidades tenham sido adequadamente tratadas e que não haja impactos negativos decorrentes das ações tomadas.
  1. Comunicação:
    • As partes interessadas relevantes, incluindo a gerência e os proprietários dos sistemas, serão informadas sobre as vulnerabilidades identificadas, sua gravidade e as ações planejadas ou tomadas.
  2. Revisão e Aprendizado:
    • A equipe de gestão de vulnerabilidades realizará revisões periódicas para avaliar a eficácia do processo, identificar áreas de melhoria e adaptar-se às mudanças no ambiente de ameaças.
  3. Educação e Conscientização:
    • Os empregados e parceiros serão regularmente informados e treinados sobre a importância da gestão de vulnerabilidades e suas responsabilidades relacionadas.

Responsabilidades

  • A equipe de gestão de vulnerabilidades da Nuveto é responsável por coordenar e supervisionar todas as atividades relacionadas à identificação, avaliação, remediação e comunicação de vulnerabilidades.
  • Os proprietários dos sistemas e aplicativos são responsáveis por garantir que as vulnerabilidades em seus respectivos domínios sejam adequadamente tratadas e remedidas.

Conclusão

A gestão eficaz de vulnerabilidades é essencial para a proteção contínua dos recursos e operações da Nuveto. Esta política busca garantir uma abordagem proativa, estruturada e responsável para enfrentar e gerenciar vulnerabilidades.

       

Política de Aceitação de Riscos da Nuveto

Introdução

A Nuveto, especializada na consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, reconhece que a tomada de decisões no mundo dos negócios envolve inevitavelmente enfrentar riscos. Esta política estabelece os parâmetros e procedimentos para a aceitação formal de riscos que não podem ser evitados, mitigados ou transferidos.

Objetivo

Estabelecer um processo estruturado para avaliar, documentar e aceitar riscos de maneira informada, garantindo que os riscos aceitos estejam alinhados com a estratégia, apetite ao risco e objetivos da Nuveto.

Escopo

Esta política abrange todos os riscos, sejam eles associados a projetos, operações, tecnologia ou qualquer outra área de atividade da Nuveto, que tenham sido identificados, mas não totalmente mitigados.

Política de Aceitação de Riscos

  1. Identificação e Avaliação:
    • Todos os riscos identificados que não podem ser totalmente mitigados devem ser avaliados em termos de probabilidade, impacto e consequências para a Nuveto.
  2. Documentação:
    • Os riscos que se propõe aceitar devem ser claramente documentados, incluindo detalhes sobre sua natureza, causas, possíveis impactos e razões para aceitação.
  3. Revisão:
    • A aceitação de riscos deve ser revisada por uma equipe multidisciplinar, incluindo representantes das áreas afetadas e especialistas em gestão de riscos.
  4. Aprovação:
    • A aceitação formal de riscos deve ser aprovada por um comitê de gestão de riscos ou, dependendo da gravidade, pela alta direção.
  5. Comunicação:
    • Os riscos aceitos e suas justificativas devem ser comunicados às partes interessadas relevantes, garantindo transparência e compreensão por todos os envolvidos.
  6. Monitoramento:
    • Os riscos aceitos devem ser regularmente monitorados para garantir que permaneçam dentro dos parâmetros aceitáveis e para identificar qualquer mudança que possa exigir uma revisão da decisão de aceitação.
  7. Revisão Periódica:
    • A política e os riscos aceitos devem ser revisados periodicamente para garantir que estejam alinhados com as mudanças no ambiente de negócios, estratégia e apetite ao risco da Nuveto.

Responsabilidades

  • A equipe de gestão de riscos da Nuveto é responsável por coordenar o processo de aceitação de riscos, incluindo avaliação, documentação e comunicação.
  • Os líderes de departamento ou projeto são responsáveis por identificar riscos em suas áreas, avaliá-los e submetê-los ao processo de aceitação quando apropriado.

Conclusão

Aceitar riscos de forma informada e estruturada é crucial para a inovação e o crescimento sustentável. Esta política visa garantir que a Nuveto faça isso de maneira responsável, alinhada com sua visão e objetivos.

       

Política de Aderência à LGPD da Nuveto

Introdução

A Nuveto, atuando como uma referência na consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, está comprometida em proteger a privacidade e os dados pessoais de seus clientes, parceiros, funcionários e usuários. Em conformidade com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), esta política estabelece diretrizes claras para garantir o tratamento adequado e a proteção dos dados pessoais.

Objetivo

Definir princípios, diretrizes e práticas para garantir o tratamento e a proteção dos dados pessoais em conformidade com a LGPD, promovendo a transparência, integridade e confidencialidade dos dados processados pela Nuveto.

Escopo

Esta política se aplica a todas as atividades de tratamento de dados pessoais realizadas pela Nuveto, abrangendo todas as operações realizadas em seus sistemas, processos e operações.

Política de Aderência à LGPD

  1. Princípios do Tratamento de Dados:
    • A Nuveto seguirá os princípios estabelecidos pela LGPD, incluindo finalidade, adequação, necessidade, transparência, segurança, prevenção, não discriminação e responsabilização.
  2. Consentimento:
    • O tratamento de dados pessoais será realizado apenas com o consentimento explícito do titular, salvo disposições legais em contrário.
  3. Direitos do Titular:
    • A Nuveto garantirá os direitos dos titulares de dados, incluindo acesso, correção, exclusão, portabilidade, revogação do consentimento, entre outros.
  4. Transparência:
    • Será garantido o direito à informação clara e precisa sobre o tratamento de dados, incluindo finalidade, forma e duração, identificação do controlador e informações sobre o uso compartilhado.
  5. Limitação de Uso:
    • Os dados pessoais serão utilizados apenas para os fins informados ao titular e conforme o consentimento concedido.
  6. Segurança e Confidencialidade:
    • Serão adotadas medidas técnicas e administrativas para proteger os dados pessoais de acessos não autorizados, perdas, alterações ou qualquer forma de tratamento inadequado.
  7. Transferência de Dados:
    • A transferência de dados pessoais para terceiros, seja para tratamento ou armazenamento, será realizada em conformidade com a LGPD, garantindo o mesmo nível de proteção.
  8. Revisão e Atualização:
    • Os processos e sistemas serão revisados e atualizados regularmente para garantir a conformidade contínua com a LGPD e adaptar-se a eventuais alterações na legislação.
  9. Responsabilidade e Governança:
    • A Nuveto estabelecerá uma estrutura de governança de dados, incluindo a nomeação de um Encarregado de Proteção de Dados (DPO), para supervisionar e garantir a conformidade com a LGPD.
  10. Educação e Conscientização:
    • Serão realizadas ações contínuas de treinamento e conscientização para todos os colaboradores da Nuveto sobre as diretrizes e obrigações da LGPD.

Responsabilidades

  • O Encarregado de Proteção de Dados (DPO) será responsável por monitorar, orientar e garantir a conformidade com esta política e com a LGPD.
  • Todos os colaboradores, parceiros e prestadores de serviços da Nuveto têm a responsabilidade de garantir o tratamento adequado dos dados pessoais e seguir as diretrizes desta política.

Conclusão

A proteção dos dados pessoais e o respeito à privacidade são valores fundamentais da Nuveto. Esta política reafirma nosso compromisso em atuar de forma transparente, íntegra e em total conformidade com a LGPD.

       

Política de Aderência à GDPR da Nuveto

Introdução

A Nuveto, consolidada como uma referência global na consultoria, desenvolvimento e distribuição de software em nuvem para experiência e atendimento ao cliente, compromete-se em proteger a privacidade e os dados pessoais de seus clientes, parceiros, funcionários e usuários em todas as regiões em que atua. Em conformidade com o Regulamento Geral de Proteção de Dados (GDPR) da União Europeia, esta política estabelece os padrões e diretrizes para garantir o tratamento adequado e a proteção dos dados pessoais.

Objetivo

Estabelecer um conjunto de princípios, diretrizes e práticas para garantir o tratamento e a proteção dos dados pessoais em conformidade com o GDPR, promovendo a transparência, integridade e confidencialidade dos dados processados pela Nuveto.

Escopo

Esta política se aplica a todas as atividades de tratamento de dados pessoais relacionadas a indivíduos na União Europeia, abrangendo todas as operações realizadas em seus sistemas, processos e operações.

Política de Aderência à GDPR

  1. Princípios do Tratamento de Dados:
    • A Nuveto aderirá aos princípios fundamentais do GDPR, incluindo licitude, lealdade, transparência, limitação de finalidade, minimização de dados, precisão, limitação de armazenamento e integridade e confidencialidade.
  2. Consentimento:
    • O tratamento de dados pessoais será realizado apenas com o consentimento explícito e informado do titular, podendo ser retirado a qualquer momento.
  3. Direitos do Titular:
    • A Nuveto reconhecerá e facilitará o exercício dos direitos dos titulares de dados sob o GDPR, incluindo acesso, retificação, apagamento (“direito de ser esquecido”), restrição de tratamento, portabilidade de dados e objeção.
  4. Transparência:
    • Será garantido o direito à informação clara e acessível sobre o tratamento de dados, incluindo propósitos, base legal e período de retenção.
  5. Limitação de Uso:
    • Os dados pessoais serão coletados apenas para propósitos específicos, explícitos e legítimos e não serão processados de maneira incompatível com esses propósitos.
  1. Proteção de Dados desde a Concepção e Proteção de Dados por Definição
    • A Nuveto adotará uma abordagem de “proteção de dados desde a concepção” em todas as suas operações e desenvolvimentos, garantindo que a privacidade seja integrada em todos os produtos, serviços e processos desde o início.
  1. Transferências Internacionais:
    • A transferência de dados pessoais fora da União Europeia será realizada em conformidade com as disposições do GDPR, garantindo um nível adequado de proteção.
  2. Avaliação de Impacto sobre a Proteção de Dados (AIPD):
    • Para operações de tratamento que possam resultar em alto risco para os direitos e liberdades dos indivíduos, uma AIPD será realizada para avaliar e mitigar esses riscos.
  3. Responsabilidade e Governança:
    • A Nuveto estabelecerá uma estrutura de governança de dados, nomeando um Encarregado de Proteção de Dados (DPO) para a região da União Europeia, responsável por supervisionar e garantir a conformidade com o GDPR.
  4. Breach de Dados:
    • Em caso de violação de dados pessoais, a Nuveto notificará as autoridades de supervisão e os indivíduos afetados, conforme exigido pelo GDPR.

Responsabilidades

  • O Encarregado de Proteção de Dados (DPO) será responsável por garantir a conformidade com esta política e com o GDPR.
  • Todos os colaboradores, parceiros e prestadores de serviços da Nuveto, envolvidos no tratamento de dados de indivíduos na União Europeia, têm a responsabilidade de seguir esta política e as diretrizes do GDPR.

Conclusão

Respeitar e proteger os direitos de privacidade dos indivíduos é uma prioridade para a Nuveto. Esta política reitera nosso compromisso com a conformidade com o GDPR e a proteção dos dados pessoais de nossos clientes, parceiros e usuários na União Europeia.

          

Revisão e Atualização

As políticas descritas neste documento serão revisadas e atualizadas periodicamente para garantir sua conformidade contínua com as regulamentações, aderência ao mercado, necessidades dos clientes, bem como para refletir as melhores práticas e mudanças estratégicas da Nuveto.

As políticas entram em vigor imediatamente e permanecerão em vigor até nova revisão ou atualização.

Você prefereve continuar no site Brasil ou prefere ser direconado para o site EUA?

Varejo

Entenda as expectativas de seus clientes, ofereça uma experiência omnichannel fluída, integrando o mundo digital com o físico, colha feedbacks e tenha como resultado maior recorrência de compra de seus clientes.

Energía

Utiliza datos para identificar las mejores oportunidades, conoce la mejor aproximación en cada caso y alcanza el éxito vendiendo energía en el mercado libre.

Varejo

Entenda as expectativas de seus clientes, ofereça uma experiência omnichannel fluída, integrando o mundo digital com o físico, colha feedbacks e tenha como resultado maior recorrência de compra de seus clientes.

Saúde

Educação, prevenção, atendimento personalizado e programas de relacionamento: soluções que irão te ajudar a fazer uma gestão profissional da jornada do paciente do início ao fim.

Serviços Financeiros

Conheça as melhores soluções para trabalhar sua régua de cobrança de modo inteligente, fazendo uso de IA para negociação automatizada e garantir conformidade com os processos.

Captação

Minhas campanhas de marketing estão trazendo prospects para meu site ou minha loja? Estou usando a comunicação adequada para meu público-alvo? Estou abordando meus prospects no canal certo?

Conversão

Quão simples para o cliente é comprar meu produto ou adquirir meus serviços? Meus representantes estão vendendo corretamente? Quais tipos de abordagem funcionam melhor e como contornar as objeções?

Fidelização

Qual a percepção do cliente em relação aos produtos/serviços adquiridos? Quão fácil para o cliente é tirar dúvidas ou resolver problemas? Em algum momento fui capaz de criar uma conexão emocional e memorável com meu cliente?

Onboarding

Como foi a qualidade da venda? As expectativas do cliente em relação ao que foi prometido na contratação foram atendidas? Quão burocrático foi esse processo?

Cancelamento

Por qual motivo meus clientes cancelam? Quais as melhores estratégias de prevenção de “churn”? Como abordar o cliente para reversão do cancelamento?

Negociação

Quais os diferentes perfis de devedores? Qual a melhor abordagem em cada caso? Quais ferramentas podem ser utilizadas para maximizar a eficiência na recuperação de recebível?

Educación

Desde la captación de estudiantes hasta la prevención de la deserción. Descubre cómo podemos ayudarte en las etapas de admisión, inscripción, atención al estudiante y reinscripción.

Venta Al Por Menor

Comprende las expectativas de tus clientes, ofrece una experiencia omnicanal fluida, integrando el mundo digital con el físico, recoge comentarios y obtén como resultado una mayor recurrencia de compras de tus clientes.

Saúde

Educação, prevenção, atendimento personalizado e programas de relacionamento: soluções que irão te ajudar a fazer uma gestão profissional da jornada do paciente do início ao fim.

Salud

Educación, prevención, atención personalizada y programas de relaciones: conoce las soluciones que te ayudarán a gestionar de manera profesional el viaje del paciente desde el principio hasta el final.

Servicios Financieros

Descubre las mejores soluciones para gestionar tu proceso de cobranza de manera inteligente, utilizando inteligencia artificial para negociación automatizada y asegurando conformidad con los procesos.

Captación

¿Mis campañas de marketing están atrayendo prospectos a mi sitio web o tienda? ¿Estoy utilizando la comunicación apropiada para mi público objetivo? ¿Estoy llegando a mis prospectos a través del canal correcto?

Conversión

¿Qué tan simple es para el cliente comprar mi producto o adquirir mis servicios? ¿Mis representantes están vendiendo correctamente? ¿Qué tipos de enfoques funcionan mejor y cómo superar objeciones?

Onboarding

¿Cómo fue la calidad de la venta? ¿Se cumplieron las expectativas del cliente con respecto a lo que se prometió en el momento de la contratación? ¿Qué tan burocrático fue ese proceso?

Negociación

¿Cuáles son los diferentes perfiles de deudores? ¿Cuál es el mejor enfoque en cada caso? ¿Qué herramientas se pueden usar para maximizar la eficiencia en la recuperación de cuentas por cobrar?

Cancelación

¿Por qué mis clientes están cancelando? ¿Cuáles son las mejores estrategias para prevenir la pérdida de clientes? ¿Cómo debo acercarme al cliente para revertir la cancelación?

Fidelización

¿Cuál es la percepción del cliente sobre los productos/servicios adquiridos? ¿Qué tan fácil es para el cliente hacer preguntas o resolver problemas? ¿Alguna vez pude crear una conexión emocional y memorable con mi cliente?

Educação

Da captação de alunos à prevenção de evasão. Saiba como podemos te ajudar nas etapas de vestibular, inscrição, atendimento ao aluno e rematrícula.

Energia

Utilize dados para identificar as melhores oportunidades, saiba qual a melhor abordagem em cada caso e alcance o sucesso vendendo energia no mercado livre.

Energia

Utilize dados para identificar as melhores oportunidades, saiba qual a melhor abordagem em cada caso e alcance o sucesso vendendo energia no mercado livre.